Para acessar a o sistema antigo, clique aqui.
Logotipo ACL ASSESSORIA CONTÁBIL SOLUÇÕES ADEQUADAS PARA A SUA NECESSIDADE
Doutores da Alegria 25 anos de experiência

Instrução Normativa traz alterações ao Recof e ao Recof-Sped

Publicado em 06/11/2020 15h56 Atualizado em 06/11/2020 16h12

Beneficiários dos regimes poderão armazenar mercadorias em depósitos de terceiros que cumpram requisitos legais

A Receita Federal publicou hoje no Diário Oficial da União a Instrução Normativa nº 1.988 que traz alterações aos regimes especiais de Entreposto Industrial sob Controle Informatizado (Recof) e o Entreposto Industrial sob Controle da Escrituração Fiscal Digital (Recof-Sped), no sentido de adequá-los melhor à realidade das empresas beneficiárias.

A alteração permite a armazenagem de insumos admitidos e de produtos finais nestes regimes em pátio externo ou depósito fechado de terceiros, nos casos em que o beneficiário possua ato da Secretaria de Fazenda, Finanças ou Tributação de Estado ou do Distrito Federal que autorize a utilização do referido espaço. Estes espaços devem ser providos de sistema de controle informatizado de mercadorias aberto à Receita Federal.

O Recof e o Recof-Sped são regimes especiais que permitem à empresa beneficiária importar ou adquirir no mercado interno, com suspensão do pagamento de tributos, mercadorias a serem submetidas a operações de industrialização de produtos destinados à exportação ou mercado interno. A nova norma faz com que estes regimes especiais tornem-se mais atrativos para um número maior de empresas, sem que se abra mão do controle fiscal dos insumos e mercadorias.

Fonte: Receita Federal

https://www.gov.br/receitafederal/pt-br/assuntos/noticias/2020/novembro/instrucao-normativa-traz-alteracoes-ao-recof-e-recof-sped